Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Medida Provisória garante recursos para recuperação de rodovias

Publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira (13), a Medida Provisória nº 522 libera crédito extraordinário no valor de R$ 80 milhões em favor do Ministério dos Transportes. Os recursos serão destinados à execução de obras emergenciais nas rodovias federais, sob a responsabilidade do DNIT, atingidas pelas fortes chuvas dos últimos dias.
  • Publicado: Quarta, 12 de Janeiro de 2011, 22h00
  • Última atualização em Quarta, 12 de Janeiro de 2011, 22h00

Publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira (13), a Medida Provisória nº 522 libera crédito extraordinário no valor de R$ 80 milhões em favor do Ministério dos Transportes. Os recursos serão destinados à execução de obras emergenciais nas rodovias federais, sob a responsabilidade do DNIT, atingidas pelas fortes chuvas dos últimos dias.

Por determinação da presidente da República, Dilma Rousseff, o diretor-geral do DNIT, Luiz Antonio Pagot, está no Rio de Janeiro para acompanhar os trabalhos junto às rodovias afetadas. Desde o ano passado (MP 494 que foi convertida em lei), o DNIT pode auxiliar os municípios em estado de emergência para desobstrução de vias. Até o momento, o Rio de Janeiro pediu o apoio do DNIT por causa das chuvas que atingiram a região. Lá os equipamentos e operadores disponibilizados são das empresas que têm contratos com o DNIT (CREMA), mais próximos ao trecho afetado. Estão sendo utilizados retro escavadeiras, escavadeiras de grande porte e vários caminhões basculantes. Em Goiás, o DNIT enviou uma ponte metálica para substituir a ponte levada pelas águas na GO/070.

Em Minas Gerais, quatro pontos de três rodovias operam em meia pista. Um ponto tem restrição para cargas pesadas e outro tem terceira faixa interditada. No Rio de Janeiro, apenas a BR-495 tem dois pontos interrompidos e um operando em meia pista. Outras rodovias federais afetadas no Estado estão sob a responsabilidade de concessionárias. Em todos os casos as equipes do DNIT trabalham com vistas a normalizar o fluxo e restaurar pavimentos de acordo com a necessidade.

Clique aqui e acompanhe a situação das rodovias. Confira abaixo a situação das rodovias:

 

MINAS GERAIS
Na BR-116 – km 378,5 – em Matias Lobato houve queda de talude de corte, com interrupção parcial da rodovia. As obras de remoção de barreira já foram iniciadas. O tráfego está restrito a meia pista.
Já no km 608 da mesma rodovia, em São João do Manhuaçu, um bueiro se rompeu e deixou o tráfego em meia pista. Os trabalhos de recomposição já foram iniciados.

Na BR-146 houve a erosão no corpo de um aterro que atingiu a terceira faixa no km 516,4, em Serra do Selado. O órgão aguarda a diminuição das chuvas para avaliar as providências necessárias. A obstrução da terceira faixa no local está bem sinalizada.
No km 151,5 da BR-259 (em São Vítor) há um pequeno abatimento da pista, com risco de agravamento. A situação está monitorada e o tráfego flui normalmente.

No trecho entre Caxambu e a divisa entre MG e RJ, a BR-354 apresenta 15 pequenos deslizamentos de taludes entre o km 692, 9 e o km 764,5. As barreiras estão sendo removidas e o trânsito é feito em meia pista. No km 750 há uma erosão onde o DNIT aguarda a diminuição das chuvas para avaliar as providências necessárias. Neste ponto há restrição de tráfego de veículos pesados, inclusive de ônibus.

A BR-356 (Contorno de Ouro Preto) foi afetada por desmoronamento de talude de corte no km 98, causando interdição parcial da pista. Situação está monitorada.

No km 847 da BR-365 (entre Santa Vitória e Chaveslândia) houve erosão tomando o acostamento da rodovia. Equipes monitoram o trecho, que opera em meia pista com devida sinalização.
Já no km 284,9 da BR-381 (em Jaguaruçu), o acostamento sofreu erosão. O tráfego está normal.

 

RIO DE JANEIRO
No estado do Rio de Janeiro, a ação do DNIT vai além das rodovias federais sob sua jurisdição. Com base na Lei 12.340 de 01/12/2010, o órgão auxilia o Governo do Estado na desobstrução de vias, principalmente nos municípios de Teresópolis, Nova Friburgo e São José do Vale do Rio Preto. Nos três municípios, onde há ruas e bairros isolados por deslizamentos, o DNIT colocou à disposição caminhões basculantes, escavadeiras hidráulicas e retroescavadeiras.

O trecho Urbano com nove quilômetros da BR-393, entre Volta Redonda e Barra Mansa, apresenta problemas de erosão na lateral da pista. O DNIT avalia a situação onde será construída uma cortina atirantada. O tráfego está normal.

Já na BR-495, entre Itaipava e Teresópolis, houve deslizamentos em doze pontos (do km 2 ao km 27). O trabalho de remoção das barreiras está em andamento. No km 24, o trânsito está liberado para veículos de emergência e carros pequenos. Os demais veículos poderão passar normalmente a partir do dia 20. Cinco retroescavadeiras, quatro escavadeiras de grande porte e vários caminhões basculantes atuam somente neste trecho.

GOIÁS
No estado de Goiás, após a liberação do tráfego de veículos no km 24,8 da BR-060, onde ocorreu um desmoronamento, o DNIT iniciou a recuperação da pista.

No último dia 4 a ponte sobre o rio das Pedras, na rodovia estadual GO-070, foi arrastada pelas águas. O DNIT enviou uma ponte metálica ao local, que será instalada pelo Exército, para liberar o tráfego até o próximo dia 16, enquanto o Governo do Estado constroi a ponte definitiva.

 

Confira abaixo a situação das rodovias concedidas:

BR-040 RJ / ANTT

Trecho: Rio de Janeiro – Juiz de Fora
Ocorrência: Queda de barreira nos kms 12 e 41 da rodovia Rio-Juiz de Fora, entre Três Rios e Areal. No km 9, em Levy Gasparian, uma pedra rolou na estrada. No km 52, houve queda de árvore e de barreira na rodovia.
Providências: Concessionária desobstruiu a pista
Tráfego: O tráfego está sendo feito em meia pista nos quatro trechos.

 

Trecho: Rio de Janeiro – Teresópolis
Ocorrência: entre Teresópolis e Além Paraíba,foram registradas três quedas de barreira nos km 54, km 76 e km 79. No Km 79 um caminhão foi atingido.
Providências: Concessionário CRT está trabalhando
Tráfego: Nos km 54,6, km 76 e km 79 o tráfego está interrompido devido a queda de barreira.

 

BR-116 RJ / ANTT
Trecho: Além Paraíba

Ocorrência: Grande queda de barreira.
Tráfego: em meia pista Obra Km 100, sentido Além Paraíba, com sistema de Pare x Siga. Obra Km 3, sentido Alem Paraíba, acostamento interditado.

 

BR-116 RJ / ANTT
Trecho: Rio de Janeiro a Nova Friburgo e Macuco
Ocorrência: 20 trechos de queda de barreiras, só com meia pista livre, e outros sete pontos completamente bloqueados por terra, pedra e lama que desceram das encostas.

Grande queda de barreira no km 88, na altura de Furnas, e do km 75, em Muri, ao km 78, em Ponte da Saudade.
Tráfego: Ainda não há previsão de liberação da via.

 

BR-393 RJ / ANTT
Trecho: Sapucaia, próximo ao acesso à rodovia Presidente Dutra
Ocorrência: Grande queda de barreira
Tráfego: interrompido

registrado em:
Assunto(s): Notícia
Fim do conteúdo da página