Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
PORTOS

Ministro da Infraestrutura assina termo aditivo para obras no Porto de Imetame (ES)

:: :
  • Publicado: Quarta, 15 de Julho de 2020, 18h18
  • Última atualização em Sexta, 24 de Julho de 2020, 14h18

Serão realizadas melhorias e ampliação de área para movimentação de cargas diversas

WhatsApp Image 2020 07 15 at 18.06.12

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, assinou na última terça-feira (14) o termo aditivo para a expansão do Porto de Imetame, localizado em Aracruz (ES). As melhorias têm o objetivo aumentar a capacidade de movimentação de cargas no porto, que terá um acréscimo de cerca de 65% de área construída ao final das obras. Os investimentos totais previstos são de R$ 632,4 milhões e as obras têm previsão de início em outubro deste ano.

“A aprovação desse aditivo é mais um passo para a modernização do Porto de Imetame, que terá um aumento de capacidade de movimentação de cargas considerável e passará a ter protagonismo no escoamento de mercadorias para todo o país”, declarou o ministro Tarcísio Freitas.

Atualmente, o porto detém autorização para movimentação de carga geral, focadas em veículos, celulose e granito. Novos projetos de melhoria visam incluir outros tipos de carga, nos perfis de granel sólido, granel líquido e gasoso e carga conteinerizada. Quando finalizado, a área total do porto será de 841,3 mil m2. Somente em celulose, serão movimentadas 480 mil toneladas/ano.

No cronograma de obras estão previstas a dragagem do canal de acesso, construção de área do dique e quebra-mar, aterro, sinalização náutica e instalação de equipamentos. Estão previstas a instalação de três empilhadeiras (sendo duas de 2,5 ton e uma de 7,0 ton), 12 terminais tractors x caminhão, 16 pranchas para reboque, entre outras máquinas. A expectativa é gerar 25 mil empregos com as obras.

Localizado na ES-010, o Porto de Imetame está a três quilômetros da Estrada de Ferro Vitória-Minas (EFVM), além de estar próximo ao aeroporto de Vitória. O empreendimento também está situado a 45 quilômetros da área da SUDENE e próximo a uma área de 5 milhões de m² disponível para implantação de uma plataforma logística e industrial.

 

Assessoria Especial de Comunicação
Ministério da Infraestrutura

Fim do conteúdo da página