Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
RODOVIAS

Ministro da Infraestrutura assina contrato de concessão da BR-101/SC

:: :
  • Publicado: Segunda, 06 de Julho de 2020, 13h44
  • Última atualização em Segunda, 06 de Julho de 2020, 15h29

Em Santa Catarina, ele aproveitou a viagem para fazer uma visita técnica às obras da BR-285/SC

WhatsApp Image 2020 07 06 at 13.18.19

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, assinou na manhã desta segunda-feira (06), em Jaguaruna (SC), o contrato de concessão da rodovia BR/101/SC (Paulo Lopes-Divisa/RS) com a operadora Concessionária Catarinense de Rodovias (CCR). O trecho concedido tem 220,4 km e contará com investimentos de R$ 7,4 bilhões. O ministro aproveitou a viagem e fez uma visita técnica às obras de implantação e pavimentação da BR-285/SC, no trecho 49, em Timbé do Sul, onde o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) é o responsável pelas melhorias.

O contrato da BR-101/SC assinado com a CCR terá duração de 30 anos. As obras previstas para serem executadas dentro de período de concessão são: implantação de faixas adicionais (98 km), implantação de vias marginais (70 km), implantação de passarelas, rotatórias, dispositivos em desnível, adequação de acessos, canalização de fluxos de tráfego e outras medidas mitigadoras referentes à segurança da rodovia, principalmente no que diz respeito aos conflitos frontais nas entradas e saídas das vias marginais. A estimativa é de gerar mais de 1.000 empregos diretos e cerca de 500 empregos indiretos.

Foram definidos quatro pontos na rodovia para instalação das praças de pedágio. Serão nos municípios de Laguna, Tubarão, Araranguá e São João do Sul. A tarifa ofertada pela licitante vencedora no leilão foi de R$ 1,97012 (data-base de agosto de 2019), o que representou um deságio de 62,04% em relação à tarifa-teto definida no edital de concessão. “Quando entregamos uma concessão, estamos entregando serviços à sociedade. Todo o nosso trabalho é focado na excelência da prestação de serviços. Esses e outros investimentos serão a mola propulsora do desenvolvimento nacional. E a crise não vai parar nosso programa de concessões”, declarou o ministro durante a cerimônia de assinatura.

BR-285/SC – Logo após a assinatura do contrato de concessão, Tarcísio e sua equipe se dirigiram ao trecho da BR-285, em Timbé do Sul. Executado pelo DNIT, o projeto de implantação e pavimentação da BR-285/RS/SC compreende 30,4 km de obras entre os estados do Rio Grande do Sul e Santa Catarina. No Lote 1, em São José dos Ausentes, na Serra Gaúcha, são 8,3 km de traçado independente do trecho existente. Com 400 metros de extensão, a principal obra de arte prevista para este segmento é a ponte sobre o Rio das Antas, que também terá a função de passagem de fauna.

Já o Lote 2, em Timbé do Sul, onde foi realizada a visita técnica, conta com 22 km, incluindo a construção de duas pontes e quatro viadutos, a implantação de um contorno na área urbana do município e a pavimentação da Serra da Rocinha. “Os trabalhos estão bem avançados e acreditamos que até dezembro deste ano entregaremos as obras prontas, que trarão mais segurança e agilidade para quem utiliza a estrada”, disse o ministro.

A BR-285 tem 744,3 km de extensão entre Araranguá (SC) e São Borja (RS), na fronteira com a Argentina, onde se conecta com a Ruta Nacional 14 através da Ponte Internacional sobre o Rio Uruguai. A rodovia tem entre suas principais funções proporcionar mobilidade ao tráfego de longa distância, além de promover a ligação de municípios da região norte gaúcha e do extremo sul catarinense. A rodovia trará ainda outros benefícios como a expansão econômica da região, o crescimento da atividade turística e a criação de um novo corredor para o escoamento da produção agrícola.

 

Foto: Ricardo Botelho/MInfra

Assessoria Especial de Comunicação
Ministério da Infraestrutura

registrado em:
Assunto(s): DNIT , CCR , CONCESSÃO , CONTRATO
Fim do conteúdo da página