Sobre Política de concessões Parcerias disponíveis Multimídia Legislação Evolução dos projetos
(PowerBI)
Cadastro de Parceiros Apresentação Minfra
pt-bren

Política de Concessões

Rio, terra, céu e mar.

Voltar
portos

PORTOS | Arrendamento de terminal para movimentação e armazenagem de granel líquido no Porto de Maceió/AL - MAC11

IMPORTÂNCIA: O foco principal do terminal em questão está relacionado com a movimentação e armazenagem de combustíveis, cuja relevância para a economia mundial é inegável e dispensa maiores comentários.
Segundo o Plano Mestre, os granéis líquidos representaram 55% do volume transportados no complexo em 2017. Naquele ano, foram movimentadas cerca de 300 mil toneladas de derivados de petróleo no Porto de Maceió, sendo o diesel S-500 o principal produto operado. Da mesma forma, o etanol tem grande impacto nas operações, sendo responsável pela movimentação de 220 mil toneladas, em especial para o desembarque de cabotagem.
Já o petróleo cru, oriundo de poços onshore situados no estado de Alagoas, movimentou 163 mil toneladas (também dados de 2017), por meio de embarques de cabotagem.

etapa:

01/02/2021

Estudos

05/05/2021

Audiência pública

TCU

4º Trim. 2022

Edital

4º Trim/2022

Leilão

1º Trim/2022

Contrato

Empregos gerados ao longo do contrato da concessão:

estima-se 2.542 (diretos, indiretos e efeito-renda)

Investimentos previstos:

R$219,13 milhões

Arrendamento mensal fixo:

R$162,4 mil

Arrendamento variável:

R$ 4,34/t

ÁREA :

78.140 m²

Vocação:

Carga – Granel líquido

Capacidade estática:

88,042m²

CRITÉRIO DO LEILÃO:

Maior Outorga

TIR:

9,38%

PRAZO DO CONTRATO:

25 anos

Qualificação PPI:

Resolução nº 121, de 19 de junho de 2020